A Sinagoga de Budapeste

0
216

Pela primeira vez, entrei em uma sinagoga, na Hungria. Na porta de entrada, eram fornecidos kippats (cone branco, de papel, contendo a estrela de David). Meu marido pegou um deles e o colocou sobre a cabeça. Tentei pegar o meu. O porteiro me disse algo ininteligível. Pela reação e pelos gestos dele, percebi minha gafe. O kippat era destinado apenas ao sexo masculino, não sei por quê. Soube também que, segundo a tradição judaica, mulheres e homens ocupam lugares distintos dentro dos templos. Evidentemente, o melhor espaço é destinado ao sexo masculino, considerado prioritário por eles.

Leia o artigo completo no link abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA