Bombeiros do 11º BBM de Ipatinga já estão em Brumadinho

0
119

Bombeiros militares, honra no dever! Com esse sentimento solidário em meio a tragédia do rompimento da barragem da Vale, que o Décimo Primeiro Batalhão de Bombeiros Militar de Minas Gerais (11ºBBM), sediado em Ipatinga, enviou 09 (nove) militares para darem apoio aos demais profissionais que estão na operação de resgate à vítimas. Essas guarnições de bombeiros, dentre vários outros voluntários do Batalhão de Ipatinga, serão as primeiras da região em apoio.

Foram enviados ontem, dia 07/02/2019, e retornarão no dia 15/02/2019, os seguintes militares: Ten Medeiros, Sgt Dias, Sgt Laguna, Sgt Maiquel, Sd Wilderson, Sd Vitor Dias.

No segundo período serão enviados dia 14/02/2019 e retornarão no dia 22/02/2019, os seguintes militares: Sgt Gilberto, Sgt Grácimo, Sd Sathler.

Esse apoio foi solicitado pelo Coronel Silvane Givisiez, Comandante do 5º COB (Quinto Comandando Operacional do CBMMG). Para fins de participação no revezamento dos trabalhos entre os militares de todas as unidades do CBMMG.

Os militares do Corpo de Bombeiros passam por treinamentos físicos pesados e também contam com apoio psicológico e de saúde para trabalharem em situações de desastre. Há militares nas guarnições que possuem o curso de BREC (Busca e Resgate em Estrutura Colapsada). Esse curso habilita o militar com conhecimento técnico e tático para o desempenho de missões de busca e resgate de vítimas envolvendo estruturas colapsadas e CESSEI (Curso de Emergencias e Salvamentos em Soterramentos, Enchentes e Inundações). Curso que habilita o militar com conhecimento técnico e tático para o desempenho de missões de busca e resgate de vítimas envolvendo em os mais diversos ambientes de desastres envolvendo terra e água, como é o caso de Brumadinho.
Mesmo com as chances de encontrar sobreviventes sendo remota, o 11ºBBM segue acreditando que ainda pode levar conforto para aqueles que esperam respostas.
Os bombeiros que seguiram viagem são de Ipatinga, Itabira, Manhuaçu, Coronel Fabriciano e Timóteo, todos subordinados ao batalhão de Ipatinga.

Ressaltamos que antes de seguirem para Brumadinho, os militares já recebem medicamentos de profilaxia. No retorno, fazem vários exames gerais para checar a saúde e também as taxas de metais pesados. Eles estão sendo tratados antes e depois do empenho.
O Batalhão de Aço (11ºBBM) está compadecido com as dores dos familiares das vítimas e se doará ao máximo para que a missão seja realizada com a maior dedicação possível.

DEIXE UMA RESPOSTA