Chuvas provocaram queda de árvores e postes e casas destelhadas no Vale do Aço

0
75

A forte chuva que caiu no Vale do Aço na noite desta terça feira causou muitos estragos. A tempestade, acompanhada e ventania e raios, destelhou casas, derrubou várias árvores e postes de iluminação pública, deixando alguns bairros sem energia. Ninguém ficou ferido.

TRES POSTES CAIRAM NO “CIDADE NOBRE”

Em Ipatinga, maior cidade da região, os bombeiros atenderam ocorrências nos Bairros Bela Vista, Cidade Nobre, Centro e Tiradentes. No Cidade Nobre, o trânsito na Rua Luther King, foi interditado com a queda de três postes e uma árvore de grande porte. Na manhã desta quarta-feira (20), funcionários da prefeitura e da Cemig fazem a limpeza das ruas e substituição dos postes.

QUEDA DE ÁRVORE NO CENTRO

Na Avenida Airton Senna, no Bairro Esperança, além da queda de uma árvore, parte do asfalto e do canteiro foram danificados com a chuva. No Centro da cidade, a principal avenida ficou interditada durante a noite devido à queda de uma outra árvore. Moradores dos bairros Ideal e Ferroviários ficaram sem energia por mais de três horas.

Segundo a Cemig, as três principais cidades do Vale do Aço foram atingidas por 491 raios. Em Timóteo foram 305, Coronel Fabriciano 115 e Ipatinga 71 raios.

17 ÁRVORES CAÍRAM EM TIMÓTEO E CASAS FICARAM DESTELHADAS

A Defesa Civil de Timóteo informou que 17 árvores caíram nas principais avenidas da cidade e todas já foram retiradas.

Um dos bairros atingidos com a queda de árvores foi o Primavera. A principal avenida ficou interditada e motoristas precisaram fazer desvios. Houve queda de energia no bairro e até a manhã desta quarta-feira, ainda não foi restabelecida.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, oito casas foram destelhadas na cidade e um muro de uma residência desabou no Bairro Bela Vista.

De acordo com o meteorologista Ruibran dos Reis, choveu 39 milímetros em Timóteo. “Um valor bastante significativo. Isso é praticamente em torno de 40% em relação à média histórica”, disse.

O meteorologista informou ainda que há previsão de mais chuva para a região nesta quarta-feira (20). “As chuvas ganharão um pouco mais de intensidade devido a passagem de uma frente fria pelo litoral do Rio de Janeiro, que vai acabar influenciando na organização de muitas nuvens aqui no estado de Minas Gerais”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA