Conferência Municipal debate a importância de uma saúde mais democrática

0
19

BELO ORIENTE  –  No sábado, 13, ocorreu a 10ª Conferência Municipal de Saúde em Belo Oriente, com o tema “Democracia e Saúde”.  O evento reuniu poder público, legislativo, profissionais da Saúde, do conselho municipal da Saúde e representantes da sociedade civil. O espaço da Escola Municipal José Lagares de Lima, onde foi realizado ficou lotado.

Participaram da abertura da Conferência, o prefeito Hamilton Rômulo, os vereadores Cyr Farney – Fá, Sebastião Farias e Vagner das Graças Roque – Vaguin da Borracharia, o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Gisleno Martins Castro, a palestrante Márcia Silva Martins Alves e o secretário municipal de Saúde, Ranieri Martinelli Prado.

Durante a abertura, o prefeito Hamilton Rômulo destacou a importância do trabalho realizado pela equipe da secretaria municipal de Saúde e sobre o pagamento do piso salarial dos agentes comunitários de saúde.

“A nossa equipe está de parabéns pelo trabalho que tem desenvolvido, mesmo com todas as dificuldades que nossa cidade tem passado. Um trabalho humanitário e responsável. E nosso governo tem trabalhado para valorizar ainda mais estes profissionais, e em breve esperamos pagar o piso salarial dos agentes de saúde e também o seu retroativo”, afirmou o prefeito.

A palestra foi da psicóloga, Márcia Silva Martins Alves, que em sua apresentação fez um levantamento histórico das conquistas na área da Saúde e a importância da participação da população para que isso acontecesse. Entre os exemplos citados pela palestrante, está a criação do Sistema Único de Saúde (SUS) que foi proposto na 8ª Conferência Nacional de Saúde, em 1986.

No dia também foi apresentado o Plano Municipal e Gerenciamento das Ações de Recuperação em Saúde após o rompimento da barragem de rejeitos da Samarco em Mariana e que atingiu o distrito de Perpétuo Socorro. O Plano será mostrado para a Fundação Renova em reunião que será realizada em maio, no município de Colatina.

Após as apresentações, os participantes da Conferência foram divididos em três grupos de trabalho para discutirem de forma mais aprofundada os eixos propostos nessa edição, a Saúde como direito; a Consolidação do SUS e o Financiamento do SUS.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Ranieri Martinelli Prado, a 10ª Conferência Municipal de Saúde, permitiu que a população de Belo Oriente pudesse expor as suas propostas quanto a melhoria do sistema de saúde.

“Este é o local ideal para se discutir e ampliar o debate junto com a sociedade sobre as ações prioritárias em nosso município. E participação popular é muito importante para que estas propostas saiam do papel para a prática”, destacou o secretário.

 Apresentações culturais

Os participantes foram presenteados com as apresentações da cantora Natália Lima e também com o espetáculo de dança de salão do dançarino e professor de dança, Marilson Braga e sua parceira Jéssica Lima Viana Guimarães, que abrilhantaram a Conferência Municipal.

Ação contra Hepatite

Em parceria com o Colégio Técnico Colminas e o Rotary Club, foi disponibilizado durante todo o evento, exames gratuitos contra os diversos tipos de Hepatite. Os exames eram realizados pelos alunos do curso técnico de enfermagem da instituição de ensino.

DEIXE UMA RESPOSTA