É hexa! Cruzeiro se impõe em Itaquera, vence Corinthians e conquista a Copa do Brasil

0
80

O Cruzeiro é, de maneira isolada, o maior campeão da Copa do Brasil! Os 2.400 celestes presentes no Itaquerão, em São Paulo, e os milhões espalhados por Minas Gerais e pelo Brasil certamente estão orgulhosos de um time que se impôs diante do Corinthians e venceu por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, pelo jogo de volta da decisão. A equipe celeste abriu o placar aos 27min do primeiro tempo, em finalização de Robinho. Aos 9min do segundo tempo, Jadson empatou para o Timão, em cobrança de pênalti. Aos 36min, um contragolpe mortal garantiu a taça. Depois de servir à Seleção Uruguaia em dois amistosos e viajar durante 24 horas do Japão até o Brasil, Arrascaeta recebeu de Raniel, tocou por cima do goleiro Cássio e deu números finais ao jogo.

 Duas decisões polêmicas envolvendo consultas ao árbitro de vídeo chamaram a atenção na partida. O árbitro Wagner do Nascimento Magalhães recorreu ao VAR para tirar dúvidas em dois lances. Ao assistir às imagens, ele entendeu que houve contato de Thiago Neves com Ralf no lance do pênalti, aos 7min da etapa final. E aos 24min, viu tapa de Jadson no peito de Dedé, em jogada que antecedeu o chute de fora da área do atacante Pedrinho que encobriu Fábio. Seria o segundo gol corintiano. De acordo com Paulo César de Oliveira, comentarista de arbitragem do canal SporTV, Wagner Magalhães errou na primeira marcação e acerto na segunda.

A comemoração do elenco se estenderá por muitos e muitos dias. Nesta quinta-feira, haverá carreata da Avenida Antônio Carlos até o Ginásio do Barro Preto, em Belo Horizonte. Depois de toda a ressaca, há o compromisso no Campeonato Brasileiro, competição na qual a missão será cumprir tabela. O Cruzeiro é 10º colocado, com 37 pontos, e enfrentará a Chapecoense no próximo domingo, às 19h, no Independência, pela 30ª rodada

DEIXE UMA RESPOSTA