Empresário Flávio Rocha chama integrantes do MST de ‘terroristas’ e ‘vagabundos’. Veja vídeo

0
168

São Paulo – O empresário Flávio Rocha, dono da Riachuelo, atacou integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) que nesta quinta-feira, 8, bloquearam, segundo ele, a entrada de uma das unidades fabris da empresa, em Natal. Ele chamou o grupo de “terroristas” e “vagabundos” e disse que não vai se intimidar com o ato.

Flávio Rocha é cotado para disputar uma candidatura pelo Palácio do Planalto. Em declarações recentes, ele não afastou a possibilidade.

“Quero dar um recado a esse grupo de vagabundos que tentam me intimidar, que não vão conseguir. Só aumentam minha disposição para continuar lutando para que o Brasil tenha um presidente, tenham autoridades que fecham a torneira de dinheiro público para esse grupo de terroristas, de bandidos”, disse o empresário, em vídeo publicado em suas redes sociais.

Além do vídeo, Flávio Rocha publicou uma imagem em sua página no Facebook contraponto o MST ao Brasil 200, movimento fundado por ele para discutir políticas públicas entre empresários.

De um lado da imagem, aparece a logomarca do MST e os pontos: invade propriedade privada; recebe dinheiro público; apoio do Lula e seus companheiros; quer que o Brasil retroceda 200 anos. Do outro lado, a publicação destaca, em relação ao Brasil 200: luta em defesa da propriedade privada; nunca recebeu dinheiro público; recebe apoio de empresários; quer que o Brasil evolua 200 anos. (Agencia estado)

Assista ao vídeo na íntegra:

RECADO AOS TERRORISTAS

RECADO AOS TERRORISTASNinguém vai me intimidar. Vou continuar lutando para que o Brasil tenha autoridades que fechem a torneira de financiamento para esse grupo de vagabundos do MST. Todos deveriam estar na cadeia. Os trabalhadores de bem não podem mais sustentar esses marginais.

Publicado por Flavio Rocha em Quinta-feira, 8 de março de 2018

DEIXE UMA RESPOSTA