Gregório participa de encontro com Meirelles e Adalclever

0
138

O candidato a presidente Henrique Meirelles (MDB) e o candidato ao governo de Minas, Adalclever Lopes participaram de um evento em Ipatinga no Vale do Aço neste final de semana.

Henrique Meirelles, durante entrevista coletiva,  afirmou que é possível  gerar dez milhões de empregos em quatro anos, e que ele sabe que pode fazer tal feito acontecer. “Durante os oito anos que fui presidente do Banco Central, nós criamos mais de dez milhões de empregos, e no ano de 2017, em apenas um ano, nós criamos dois milhões de novos empregos no Brasil. “Isso não é uma promessa, eu assumo aqui um compromisso. Eleito presidente da República, todos os brasileiros que queiram trabalhar, terão possibilidade de ter um bom emprego”, finalizou.

Adalclever Lopes, que é ex- presidente  da Assembleia Legislativa, e candidato ao governo de MInas Gerais, quando foi questionado sobre suas propostas para o Vale do Aço, defendeu prioridade nas obras da BR- 381. “Fazer a BR-381 é tirar essa carnificina que acontece hoje, e todas as famílias são atingidas. O governador de Minas não vai ser governador de sigla partidária, será o governador de todos os mineiros”.

Sobre a questão tributária em Minas Gerais, Adalclever colocou que “ Minas Gerais hoje tem uma carga tributária grande e que nós precisamos,  de qualquer maneira ter o compromisso que nós teremos um governo que em nenhuma hipótese aumentará os impostos.”

Gregório da Retífica

O candidato a deputado estadual Gregório da Retífica participou da comitiva que recepcionou os candidatos a presidente da república e ao governo de Minas, Meirelles e Adalclever.  Na oportunidade, Gregório hipotecou o seu apoio aos candidatos e aproveitou a oportunidade para reivindicar dos candidatos uma atenção especial para Fabriciano e todo o colar metropolitano. “Nossos principais problemas são a duplicação da BR 381 de Valadares a Belo Horizonte, o incentivo fiscal para geração de empregos, a implantação de um hemocentro (banco de sangue) no Vale do Aço e maior atenção para a saúde,” acentuou Gregório.

 

DEIXE UMA RESPOSTA