Guarda de Moçambique de Timóteo se apresenta em Formiga. Conferência da Saúde será neste sábado

0
260

Encontro de congadeiros acontece na tradicional Festa de Nossa Senhora do Rosário

 O Instituto Cultural Reino do Rosário/Guarda de Moçambique de Timóteo estará presente no encontro de congadeiros que será realizado em Formiga no próximo final de semana (19 e 20).  O evento acontece dentro da tradicional Festa de Nossa Senhora do Rosário. A Guarda de Moçambique levará em torno de 50 congadeiros, que farão duas apresentações durante o cortejo e a missa conga.

O grupo do Vale do Aço foi escolhido pelos organizadores da Festa para ser o “pé de coroa”,  a comitiva que acompanhará o Rei e a Rainha durante o cortejo.  “Estamos felizes pelo reconhecimento da importância do nosso trabalho em prol da cultura afro e da religiosidade. Estaremos representando Timóteo e o Vale do Aço, que são referência nas tradições do congado mineiro”, destaca Luís Fabiano dos Santos, capitão-mor e presidente da Guarda de Moçambique.

Timóteo realiza 12° Conferência Municipal de Saúde

A conferência viabiliza discussões para melhorias em questões de saúde para a cidade

A Prefeitura de Timóteo, por meio da Secretaria de Saúde, realiza neste sábado (19/08), a 12° Conferência Municipal de Saúde. Com o tema: “A saúde que queremos e que podemos. Desafios e prioridades para a gestão local”, a conferência será realizada na Associação dos Aposentados, no bairro Olaria, a partir das 8h da manhã com previsão de término às 13h. “Aguardamos a presença dos usuários, são os nossos mais importantes convidados” enfatiza César Luz, Secretário de Saúde. “Os representantes dos gestores, dos trabalhadores e prestadores de serviços do SUS também estão convidados” conclui.

A Conferência terá oficinas com eixos temáticos da Saúde, como atenção básica, controle de avaliação da regulação, e a questão de média-alta complexidade da atenção hospitalar. A Atenção Básica no município está estruturada com 16 equipes da Saúde da Família, “podemos afirmar que todas as Unidades Básicas de Saúde contam com a equipe completa, no entanto temos desafios em relação a internação e transferência de pacientes do Centro de Saúde João Otávio” conta o Secretário.

“Antes da crise hospitalar, a cada três pacientes, dois iam para Coronel Fabriciano e um para o Vital Brazil. Hoje, a cada 10, apenas um é transferido para o Coronel Fabriciano” explica César Luz, enfatizando a preocupação do município com a situação. “A conferência é um ótimo momento para juntos conversarmos e buscar soluções melhores” conclui o secretário.

Administração de Timóteo e Sindicato chegam a acordo e concluem campanha salarial

Resultado de assembleia no SINSEP foi comunicado nesta sexta-feira para comissão de negociação da Prefeitura

Representantes da Comissão de Negociação da Prefeitura de Timóteo e do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais – Sinsep – estiveram reunidos nesta sexta-feira (18/08). Objetivo do encontro foi apresentar o resultado da assembleia convocada pelo sindicato da categoria em relação à proposta apresentada pela Administração do município na campanha salarial dos servidores.

Durante a assembleia realizada na quinta-feira (17/08), os servidores aprovaram a proposta financeira apresentada pela Administração do Município que inclui um abono no valor de R$ 452 a ser pago no dia 15/09 e o décimo terceiro, a ser pago em duas parcelas, sendo a primeira em 16/10 e a segunda no dia 20/12. Outro avanço é no vale-alimentação. Agora, quem recebe até R$ 1.144,02 terá um vale alimentação no valor de R$ 175 e quem recebe acima desse valor terá um vale alimentação de R$ 150.

O Prefeito de Timóteo, Dr. Geraldo Hilário, afirmou que a forma como foi conduzida a negociação foi a mais transparente possível. “Foi feito um acordo que está longe até de atender a vontade ou merecimento do servidor”, pontuou. “Nós não vendemos ilusão e a prova disso é que desde que assumimos o governo, em primeiro de janeiro, a determinação que está sendo cumprida é de pagamento do salário sempre no último dia útil do mês”, pontuou. “Nós temos que entender, que valorizar servidor é não criar despesas que nós não vamos dar conta de pagar. Eu tenho certeza de que, o que o governo está se comprometendo, é o que pode ser cumprido, de que não vai haver atrasos ou discordâncias em relação a prazos”, completou Dr. Geraldo Hilário que em sua administração regularizou a folha de pagamento dos servidores, pagando inclusive valores atrasados deixados pela gestão anterior como salário de dezembro, décimo terceiro e acertos com fornecedores.

 

DEIXE UMA RESPOSTA