Ipatinga abre 5 novas creches em fevereiro

0
18

A CRECHE do bairro Bethânia está em fase final de conclusão assim como os outros 4 educandários

Nesta quinta-feira (11), o prefeito Sebastião Quintão se reuniu com o secretário de Obras Eduardo Villani e os responsáveis pelas construtoras que atuam na edificação de quatro novas creches no município, para conferir o estágio dos serviços.

Localizados nos bairros Bethânia, Limoeiro, Nova Esperança e Vila Formosa, os novos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) estão em fase de conclusão e começam a funcionar em fevereiro. A previsão é de que ainda neste mês, aconteça a entrega técnica das creches.

A REUNIÃO do prefeito com as construtoras aconteceu na sala do secretário de Obras, Eduardo Villani

Os educandários estão sendo viabilizados com recursos provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e contrapartida do município, por meio da Secretaria de Educação, totalizando cerca de R$ 9,4 milhões.

Para a mesma data, a creche do Game, erguida com recursos próprios do município, também deve começar a funcionar, totalizando cinco novas unidades entregues à comunidade. O ano letivo inicia no dia 5

Compromisso

 “Estamos acompanhando de perto a finalização dos projetos para conferir o cumprimento dos padrões exigidos e garantir que a nossa Administração cumpra os prazos firmados com o órgão federal, sem comprometer o início das aulas. A população vai receber prédios novos e construídos com alta qualidade, pois as nossas crianças merecem o melhor”, observou o prefeito.

As creches do Limoeiro e do Bethânia estão orçadas em R$ 1,8 milhão cada. As unidades educacionais dos bairros Nova Esperança e Vila Formosa custarão R$ 1,4 milhão cada.

Quanto à creche do Game, de um total de R$ 5,3 milhões de recursos destinados ao complexo escolar, a atual Administração despendeu R$ 3,934 milhões.

Mais duas creches

 No final do ano passado foram iniciadas as obras de outras duas creches, uma no distrito de Barra Alegre e outra no bairro Bom Jardim. Os recursos são do Ministério da Educação e cada um dos estabelecimentos está orçado em R$ 1,5 milhão.

DEIXE UMA RESPOSTA