Lugão: “queremos saber onde foram os quase 400 milhões do orçamento”

2
139

Em resposta ao prefeito de Coronel  Fabriciano que está acusando a Câmara Municipal pelo possível fechamento do Hospital Municipal, o presidente do Legislativo, Luciano Lugão, distribuiu nota a imprensa na tarde desta segunda feira, desmentindo a publicação feira pelo prefeito nas redes sociais.

“A responsabilidade de manter o hospital aberto é do poder executivo (Prefeito) e não da  Câmara Municipal”, disse Lugão, acrescentando que “ somos de Fabriciano e queremos o bem estar de nossa comunidade”

FALTA ATÉ DIPIRONA NAS UBS”s

“Queremos saber o que foi feito com o orçamento deste ano de 2018, de quase R$ 400 milhões”, enfatizou o presidente da Câmara, denunciando que “os médicos do corujão da saúde estão há 4 meses sem receber seus salários. Faltam remédios, até dipirona, oficinas mecânicas em atraso, postos de gasolina sem receber, colocando em dificuldade os fornecedores,” afirmou Lugão.

Para o Presidente do Legislativo, o dinheiro do orçamento  não foi utilizado a contento. “Onde está indo o dinheiro ?” indagou Lugão.  Dirigindo-se à diretora do Hospital, senhora Kátia Barbalho, o presidente voltou a dizer que a Câmara tem responsabilidade sim e quer o dinheiro público usado com critério, relembrando a audiência pública realizada pelo legislativo.

Concluindo sua fala aos veículos de comunicação, Lugão voltou a criticar o prefeito que primeiro jogou a culpa do possível fechamento do hospital no Governo do Estado e agora joga a culpa em cima dos Vereadores.

CÂMARA REÚNE AMANHÃ PARA VOTAR ORÇAMENTO PARA 2019

Nesta terça feira, 04/12, a Câmara se reúne para votar o orçamento do ano que vem para o município de Coronel Fabriciano. A sessão deverá ser bastante concorrida já que o prefeito está convocando a população a comparecer para defender a continuidade do hospital, enquanto os Vereadores também estão convidando a comunidade para assistir a reunião que começa as 14h30.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA