Mais um acidente fatal na ponte velha de Fabriciano

0
606

Ronaldo Luiz de Araujo, de 50 anos, morador de Coronel Fabriciano, estava indo à pé para o trabalho na manhã desta segunda feira quando foi atingido pelo automóvel Honda FIT, dirigido por Gilson dos Santos. Em seguida o honda fit ainda bateu em outro veículo que estava próximo do local.

O motorista Gilson dos Santos deve ter perdido o controle do veiculo ou passado mal ao volante, já que veio em sigue-zague, batendo nas muretas da ponte até atingir o pedestre que foi jogado para fora da ponte e caído na linha férrea da VALE, numa altura de 40 metros de altura, morrendo no local com várias fraturas pelo corpo.

Motorista do Honda Fit e passageiros foram levados ao hospital Vital Brazil, em Timóteo, com ferimentos leves.

DESABAFO DE VEREADOR

No final da tarde de hoje, o Vereador Marcos da Luz, de Coronel Fabriciano, divulgou um desabafo sobre o acidente que matou o funcionário morador do bairro Nossa Senhora do carmo e ia para o trabalho nas Pipocas Plink.

Veja o texto do vereador:

Ponte Velha  “Morte é culpa do Governo Federal”

            Fabriciano – O acidente com vítima fatal na “ponte velha” que liga Coronel Fabriciano e Timóteo na manhã desta segunda-feira (21) provocou tristeza, revolta e indignação no vereador Marcos da Luz (PT), um dos que lutam pela reconstrução da ponte desde o início do problema. Ele afirmou que “esta morte é culpa do Governo Federal, que não encontra uma solução para o caso”.

Um trabalhador que atravessava a ponte foi atropelado por um veículo desgovernado e jogado da ponte sobre a linha férrea. “Uma tragédia anunciada, que deixa abalada a família da vítima e toda sociedade regional. Isso é consequência do descaso do DNIT, órgão do Governo Federal, que transformou a ponte sobre o Rio Piracicaba na ‘ponte da vergonha’ e agora causa de uma morte, que nos deixam com muito pesar”, desabafou.

O CORPO DE RONALDO CAIU NA LINHA FÉRREA DA VALE, NUMA ALTURADE 40 METROS, APROXIMADAMENTE.

“Até quando vamos ter que esperar? Quantas outras mortes terão que ocorrer para que a obra seja feita? O DNIT precisa sair da burocracia e resolver logo esta questão, antes que outros acidentes aconteçam no local. As autoridades precisam se unir, descer do palanque, deixar as promessas de lado e pressionar para que a obra seja executada o mais urgente possível, sob o risco da ponte ser novamente interditada, desta vez por populares”, concluiu o vereador.

OPINIÃO DO EDITOR

Não faz um mês um caminhão caiu dessa ponte no Rio. Por sorte o motorista saiu ileso. Hoje foi diferente, Um trabalhador humilde perde a vida ao atravessar a maldita ponte. Não sou perito, mas os impecilios colocados nas cabeceiras da ponte para impedir a passagem de carros pesados, está provocando esses acidentes. Se o motorista não tiver atenção redobrada perderá o controle e provocará uma tragédia, como a de hoje. Na minha opinião, deveria fechar a ponte para todos os veiculos.  Mas é bom lembrar que o trevo que dá acesso a nova ponte, sentido Timóteo Fabriciano, é perigoso demais. É urgentíssimo colocar semáforos no local, principalmente fechando a ponte velha em definitivo.  Esta é minha opinião:

Leoncio Corrêa / jornalista MTb. 1.500

filiado à FENAJ – Federação Nacional dos Jornalistas

DEIXE UMA RESPOSTA