Mais um acidente na Usiminas. Operário teve braço amputado

0
98

Ipatinga – Mais um acidente foi registrado nas dependências da Usina da Usiminas em Ipatinga,na  Região do Vale do Aço. Nesta segunda-feira, um eletricista se feriu ao realizar um serviço na Sinterização. Ele foi socorrido para um hospital, onde recebeu os atendimentos médicos. A empresa informou que está apurado o caso. Esse foi o terceiro incidente na siderúrgica em seis dias. Na quarta-feira, um operário morreu ao prestar serviço no local e na sexta-feira, uma explosão levou 34 pessoas ao hospital.

O acidente desta segunda-feira foi confirmado pela assessoria de comunicação da Usiminas. De acordo com a Siderúrgica, o eletricista Ricardo Alves Profiro, de 36 anos, de uma empresa terceirizada, realizava manutenção na Sinterização da Usina, quando aconteceu o acidente. “Ele foi prontamente socorrido e encaminhado ao Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga. Segundo informações oficiosas, o operário teve um braço amputado e seu estado é grave. A empresa ressalta que a Sinterização não tem ligação com as áreas das ocorrências anteriores e que já está apurando as circunstâncias do acidente”, afirmou a Usiminas, por meio de nota.

Essa foi a terceira ocorrência em menos de uma semana registrada na usina. Na sexta-feira, moradores de Ipatinga foram surpreendidos por uma forte explosão que sacudiu a cidade.  As ruas ficaram cheias de veículos, o que provocou longos congestionamentos. Escolas cancelaram as aulas por medida de segurança e alguns bairros foram evacuados. Comerciantes também fecharam as lojas. Comércios e casas tiveram as vidraças quebradas. O impacto do acidente, que fez 34 pessoas serem encaminhadas para atendimento médico, foi tamanho que provocou um tremor no município, registrado por sismógrafos da Universidade de Brasília.

Dois dias antes, um homem morreu  enquanto prestava serviços de manutenção em equipamento de despoeiramento da Usiminas. Luís Fernando Pereira tinha 38 anos, era casado e tinha três filhos. Em nota, a empresa lamentou o ocorrido. O caso ainda está sendo investigado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA