Prefeitura de Fabriciano fecha farmácia no Morro do Carmo

0
57

Fabriciano – O vereador Thiago Lucas (PT) juntamente com o também vereador Dr. Sandro Araújo (PPS), este presidente da Comissão de Saúde do Legislativo, denunciaram ontem (terça-12) que a atual Administração Municipal fechou a farmácia e a sala de vacina do Posto de Saúde do bairro Nossa Senhora do Carmo.

Eles estiveram no local e constataram o fato, conforme registro fotográfico. A Unidade Básica do bairro funciona na rua Seis, próximo à praça do Cruzeiro, e desde os últimos possuía a farmácia e a sala de vacina atendendo a comunidade local, em sua maioria pessoas necessitadas.

Os vereadores se reuniram com moradores em frente à Unidade e lamentaram a decisão injustificável da Prefeitura. “Isso não é justo. Nós vamos lutar para que sejam reabertas a farmácia e a sala de vacina da Unidade, que, além do Morro do Carmo, atende também os moradores do bairro Nossa Senhora da Penha e adjacências”, destacou Thiago Lucas.

Outro que também se manifestou em favor da comunidade foi o vereador Marcos da Luz (PT), se posicionando de forma dura contra a atitude do prefeito: “um médico que não se preocupa com a saúde do povo”. Nas redes sociais a população se mostrou indignada com a situação, com várias críticas a atual gestão fabricianense.

Para os parlamentares, infelizmente esta tem sido a tônica do governo tucano na cidade, que nega direitos básicos para as pessoas que mais precisam, como remédios e vacinas, deixando a população vulnerável a doenças e sem tratamentos. “Por outro, lado o prefeito gasta milhões com publicidade e consultorias”, concluíram.

Prefeitura esclarece

Nossa reportagem procurou a assessoria de comunicação da Prefeitura para falar sobre a paralização dos atendimentos na UBS do Morro do Carmo e obteve a seguinte informação:

“A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Governança da Saúde, informa que a farmácia e a sala de vacinas da Unidade Básica de Saúde do Morro do Carmo já voltaram a funcionar. A interrupção dos serviços por um dia se deu devido ao desligamento voluntário da funcionária responsável  de um dos setores e ao afastamento de outra por  problemas de saúde. Pedimos a compreensão da comunidade e ressaltamos que o problema foi ocasional, já tendo sido, portanto, solucionado.

É inverídica a informação dada pelos vereadores  de que os serviços foram fechados. Pelo contrário, a administração municipal tem mantido diuturnamente sua proposta de melhorar a saúde da nossa cidade, investindo e ampliando os serviços.

Em 2019, o orçamento da saúde é 3 vezes maior do que em 2016. O Hospital Dr. José Maria Morais está de portas abertas para atender a população e o Corujão da Saúde entra para a história como o maior programa de saúde básica da história de Minas Gerais.

Todas as UBSs atualmente tem Pediatra e Ginecologista e depois de muitos anos voltamos a oferecer Pediatria 24h para atendimentos fora de hora no Hospital Dr. José Maria Morais.

O fornecimento de medicamentos atualmente, só não é perfeito devido ao Governo do Estado que continua retendo recursos do município e dificultando a aquisição de medicamentos por não pagar os laboratórios em dia. A dívida do estado com o município já atingiu a marca de R$54 milhões, a maior parte é com a saúde.

A prefeitura pede aos moradores que não acreditem em falácias da oposição e ao detectarem problemas em qualquer unidade de saúde que liguem para a ouvidoria nos telefones 0800 283 7794 e 3846 7065.

Com relação aos ataques pessoais à pessoa do prefeito, Dr. Marcos Vinicius, a administração municipal lamenta que a oposição tenha que usar esse subterfúgio por lhe faltar capacidade para exercer a nobre função de vereador, atuando pelo povo e para o povo de forma ética e respeitosa.”

DEIXE UMA RESPOSTA